Aforrar na fatura de gás

Aforrar na fatura de gás

Novas tarifas de gás na fatura

A partir de1 de outubro de 2021,análoga à fatura elétrica, o Governo aplicará cambios nas tarifas de acesso à fatura do gás, para as adaptar aos regulamentos europeus, através da Circular 6/2020, de 22 de julho. Por conseguinte,os tramos tarifários por pressom desaparecem, e som determinados polo consumo. A quantia do peagem de acesso do gás, varia dependendo da tarifa que te corresponde. Vamos aproveita-la para aforrar na fatura de gás.

Ao contrário do que acontece com a eletricidade, onde a tarifa de acesso é determinada pola sua potência contratada e nom cambia se nom solicitas qualquer modificaçom, no caso do gás, a tarifa de acesso é revista anual e automaticamente, para que o distribuidor poda cambiar de umha tarifa para outra, dependendo nada mais do consumo. Novos grupos de tarifas som criados para peagens de rede locais. Para personalizar os peagens adaptamdo-os ao consumo de cada usuário, som criados diferentes grupos de tarifas com um preço associado a cada um. A maioria dos consumidores domésticos poderia aforrar na fatura de gás, se nom fosse polo aumento do preço das últimas semanas.

Grupos de tarifas para peagens nas redes locais

Peagem da Rede LocalConsumo anual
RL.1 (anteriormente 3.1)Atá 5.000 kWh
RL.2 (anteriormente 3,2)Atá 15.000 kWh
RL.3 (anteriormente 3.2)Atá 50.000 kWh
RL.4 (anteriormente 3.3 atá 100.000 e 3.4 mais de 100.000)Atá 300.000 kWh
A maioria dos usuários domésticos mudam para os grupos RL1 e RL2. Com a normativa anterior, os tramos tarifários eram mais gerais, polo que este novo regime procura um ajustamento mais adequado com o consumo de cada provisom. Os consumidores domésticos que se situavam entre as tarifas de acesso 3,1 e 3,2 nom passavam dos 15.000 kWh de consumo de gás por ano, polo que nom fazia moito sentido mantê-los numha categoria que cobria atá os 50.000 kWh.

O ano do gás é o ciclo de 365 dias em que o seu consumo anual de gás é revisto para saber em que banda está e em que peagens de gás corresponde-te como consumidor. O ano do gás coincidia com o ano natural: do 1 de janeiro ao 31 de dezembro. Com os novos regulamentos, abrange do 1 de outubro dum ano atá o 30 de setembro do seguinte. Ao contrário dos contadores digitais, com o gás as mediçoms do consumo mensal e anual ainda som realizadas com contadores que devem ser revistos presencialmente.

Repartiçom dos custos das peagens de gás

Circular 6/2020, de 22 de julho
  • Peagens de acesso a redes de transporte e redes locais: Pagam todo o sistema de gasodutos, oleodutos e conexoms externas.
  • Os cânones de acesso ao armazenamento de gás: pagam por tanques subterrâneos para garantir um abastecimento constante de gás aos usuários.
  • Peagem de acesso às instalaçoms de regaseificaçom: Umha certa parte do gás consumido é transportado em estado líquido (GNL, Gás Natural Liquefeito). Antes de passar à rede de transportes, é necessário que umha fábrica a transforme de novo em gás de forma segura e controlada, e esta infraestrutura é a que paga esta peagem.
  • Cargos do sistema: Pagam os custos regulados do sistema diferentes dos relacionados com o uso das instalaçoms de gás.

Os peagens de acesso estam incluídas na fatura do gás natural e som pagas através de dous conceitos: termo fixo e termo variável. Este formato nom varia em relaçom as normativas anteriores.

Termo fixoTermo variável
Peagem de acessoCânones de acesso ao armazenamento de gás
Cargos do sistemaPeagem de acesso a instalaçoms de regaseificaçom
Os peagens de acesso a gás e as tarifas do sistema seram publicadas separadamente. Atá agora, os cargos estavam implícitos nos peagens. A partir de outubro, o cliente poderá ver o valor cobrado como cargos no reverso da fatura.

Cálculo da fatura

  • Termo fixo: €53,29/ KWh x (58/365) dias = €8,47 (preços aproximados de exemplo)
    • Quota anual, distribuída mensalmente, para abastecimentos nom tele-medidos. Enquanto aqueles com abastecimento tele-medidos pagaram um termo fixo por capacidade (€/kWh/dia e ano).
  • Termo variável: 196 kWh x 0,057890 €/kWh = 11,35 €
    • O montante pago polo consumo do período de gás natural efetivo pode ser indicado na leitura estimada; quando o leitor nom tem acesso à leitura, a comercializadora fai umha estimativa com base no seu consumo e cobra-lhe umha aproximaçom. Com leitura real; quando a leitura do gás foi aportada ao distribuidor, a comercializadora envia-lhe a conta de gás com a quantidade exata do que consumiu e nom umha aproximaçom.
  • Imposto sobre os hidrocarbonetos: 196 kWh x 0,00234 €/kWh = 0,46 €
    • Trata-se dum imposto que aparece em 2012 (Lei 15/2012) e que recai sobre o consumo, a fabricaçom e importaçom de hidrocarbonetos. Para todos os kWh consumidos é necessário aplicar este imposto multiplicando cada kWh por € 0,00234.
  • Valor do aluguer do contador: € 1,38
    • O preço de aluguer de contadores para umha vivenda média em Espanha é de 0,69€ /mês, preço regulado polo Estado. Este preço é pago na fatura e destina-se à empresa de distribuiçom. É pago para permitir que o distribuidor efecçam as leituras de gás natural correspondentes para faturar o consumo.
  • IVA Base de imposiçom: 8.47+11.35+0.46+1.38 = 21,66 x 0,21 =4,54 €
    • O IVA do gás natural é do 21%. Para aplicá-lo, é necessário adicionar todos os conceitos anteriores e multiplicá-lo por 0.21

Como aforrar na fatura de gás. Calefaçom e AQS

Para aforrar na fatura de gás e em qualquer outra, a primeira medida deve ser sempre a melhoria doenvelope térmico. Posteriormente, agiremos em sistemas ativos para melhorar a eficiência energética dos edifícios residenciais. Aquecimento e AQS som o principal gasto energético de umha vivenda. O valor de referência do CTE-HE para a demanda de calefaçom em Barcelona é de 28,3 KWh/m2 para umha vivenda num edifício multifamiliar.

Baixa a temperatura da caldeira

Por cada 5ºC que baixemos, aforraremos um 5% da energia. Normalmente as caldeiras funcionan a 70-80 ºC,e podemos reduzir a temperatura a 45ºC para AQS e 55ºC para aquecimento. Desta forma, quando abrirmos as torneiras pra água quente, abriremos-las no lado esquerdo, e nom no meio como antes, evitando misturar água fria para atingir a mesma temperatura que agora, com os aforros que isto implica. Deixar sempre pechado ao direito-frio, pra nom abrir a água quente, se nom é realmente necessário.

Purga a instalaçom

Purga de radiador para aforrar na fatura de gás

No início da temporada fria, antes de iniciar o aquecimento. O circuito deve estar parado, pra que o ar permaneça na parte superior do radiador. Quando um radiador nom aquece bem, o termóstato nom salta, mas a caldeira continua a funcionar porque nom atinge a temperatura programada, com o gasto energético que isso implica.

Començar sempre com os radiadores mais próximos a caldeira. Umha vez purgado, verifique a pressom da caldeira. Deve estar entre 1-2 bares, se nom, abrir a chave de passo da caldeira, suavemente para encher o circuito, atá atingir a pressom adequada.

Temperatura constante e moderada

É aconselhável manter o aquecimento entre 18 e 21 °C durante o dia, o suficiente para estar confortável e nom gastar excessivamente. Tenha em mente que cada grau de mais aumenta os seus gastos em cerca dum 8%, aproximadamente. A sensaçom térmica é a perceçom do calor ou do frio dumha persoa. Assim, numha estadia a 18ºC podemos ter umha sensaçom de frio ou calor dependendo se há radiaçom solar direta, isto é, se as paredes estam isoladas ou nom. A temperatura da superfície das paredes é moi importante na sensaçom de confort.

Válvulas termostáticas

Válvula termostática, para aforrar na fatura do gás

Se nom temos superfícies quentes que irradiam calor para o corpo, teremos de elevar a temperatura do ar de 18ºC para 21ºC, com um aumento do gasto energético dum 15-20% para alcançar a mesma sensaçom de confort térmico. Isto geralmente acontece, se nom temos um recinto térmico adequado. Válvulas termostáticas nos radiadores,ajudam-nos a regular a temperatura compartimentalmente em cada quarto, sem ter de aquecer áreas sem tanto uso.

Radiadores em pontos frios

Qualquer emissor de aquecimento ou radiador, deve colocar-se nos pontos mais frios, geralmente debaixo das fiestras, desta forma com a diferença de temperatura, é criada umha corrente de ar, aumentando o calor cedido por convecçom. Aeficiência energética dum radiador mal localizado dentro dumha casa pode-se reduzir num 30%. Este tamanho tamém ajuda a evitar condensaçoms, devido ao aquecimento da parede interior, nos pontos mais sensíveis, nas fiestras e nas pontes térmicas do perímetro.

Obviamente evitar qualquer elemento que poda interromper a convecçom e a radiaçom do emissor, quanto mais colocar a roupa para aquecer. Podemos adicionar umha folha de refletor de radiador,para aproveitar a radiaçom de calor na parede de suporte. Nom ventilar a casa por mais de dez minutos. Com 5-7 minutos é o suficiente para arejar a casa. Claro que, entretanto, nom ter o aquecimento em funcionamento, porque será umha despesa inútil.

Termóstato programável

Termóstato programável, para aforrar na fatura do gás

Baixa a temperatura se sales de casa. Se fosse por um curto período de algumhas horas, baixe-o para cerca de 15 °C, mas se é um dia ou mais, aconselha-se desconectá-lo. Desconetar o aquecimento, baixe as persianas, e peche as cortinas quando o sol se pom no inverno, para evitar fugas de calor na sua casa à noite. Na cama, podes dormir perfeitamente se já tés a casa aquecida, cobrindo-se na cama com edredons ou cobertores grossos. Durante o dia fazer o oposto, levantar as persianas e abrir as cortinas ao máximo que podas para que os raios do sol aqueçam a casa. É por isso que pode ser útil instalar um termóstato programável que o ajuda a gerir automaticamente a temperatura e os tempos.

Aerizadores em torneiras

Som elementos dispersores que misturam ar com água, dependendo da pressom e reduzindo o consumo de água e, consequentemente, a energia necessária para obter água quente. Todos os aforros de água quente som aforros na fatura de gás. Normalmente, as bilhas provem caudais de 14-17 l/min. Com os aerizadores podem limitá-lo a 4-6 l/min. Com pressoms de 2,5 Kg / m3 pode aforrar um 50% e com 3,00 Kg / m3 ou mais, um 70%.

Aerizadores

Chaves de ACS pra lavadora e lava-louça

. Se temos que fazer cambios na instalaçom da água, preveremos saídas de água quente além da fria, para aparelhos bithermales (equipados com ligaçoms de água fria e quente) Os aparelhos bithermales levam água fria diretamente da rede, ou quentes da caldeira da vivenda. Assim, ao nom aquecer a água e recebê-la diretamente da rede ACS, além de reduzir o tempo de lavagem, representam um aforro de energia do 30%, em comparaçom com as tradicionais lavadoras e lava-louças.

Fogom a gás e calor residual

Fogom a gás

As cozinhas mais eficientes som aquelas que trabalham com gás,é moito mais eficiente para produzir calor com gás do que é com eletricidade. Produzem também as menos emissoms, cerca de 200 gramas de CO2 por kWh,em comparaçom com os 450 gramas produzidos pola placa vitrocerâmica e os 360 gramas das placas de induçom. Abrir o forno enquanto cozinha algo consome quase um 20% de energia porque o calor produzido escapa.

A utilizaçom de panelas de pressom aforra um 50% no abastecimento de gás natural. Tentar aproveitar o calor residual durante a cozedura ajuda a aforrar. Lembre-se de que para reduzir o consumo e as emissoms num fogom a gás é essencial manter os queimadores limpos e eliminar todos os resíduos, de modo a aforrar na fatura de gás.

Tarifa de último recurso (TUR)

A Tarifa de Último Recurso (TUR) do gás natural é umha taxa de mercado regulada do gás, e os seus preços som fixados polo Governo. Trata-se dumha tarifa de gás destinada a proteger os pequenos consumidores, umha vez que é regulada polo Ministério da Indústria e pola Comissom Nacional de Mercados e Concorrência (CNMC). Trata-se dumha taxa dirigida a clientes com um consumo inferior a 50.000 kWh de gás natural por ano e tem duas taxas de acesso diferentes.

Tarifas ConsumosTermo fixo €/mêsTermo variável €/kWh
TUR.1Consumos atá 5.000 kWh/ano4,260,04997468
TUR.2Consumo entre 5.000 e 50.000 kWh/ano8,020,04234768
TUR.1: Lares com gás natural para cozinhar ou aquecer TUR.2 Lares com água gás natural para cozinhar ou aquecer água, e que também têm aquecimento. Resoluçom de 24 de junho de 2021, da Direçom Geral da Energia e Minas, que publica a taxa de último recurso do gás natural.

A tarifa TUR só é oferecida por comercializadoras de referência, embora nom todas tenham um abastecimento de gás natural. O preço é o mesmo para todos os comerciantes de referência, e é atualizado de acordo com o custo do gás natural em subastaçom de mercado e publicado no BOE. Qualquer consumidor pode contratar a Tarifa de Último Recurso de gás natural, se assim o deseja. Só tens de contactar umha das quatro Comercializadoras de Referência que a oferecem. (Ver aforrar na fatura da eletricidade). A única exigência para poder contrair a tarifa do gás é nom consumir mais de 50.000 kWh por ano, um valor moi longe do consumo médio anual de clientes domésticos.

Ao escolher o mercado livre ou regulado com o TUR, é importante que o usuário conheça as características básicas de cada umha das tarifas. O mais importante é o preço. Se encontrarmos uma taxa livre igual ou inferior à TUR, é mais recomendada; com uma taxa de mercado livre, o preço permanecerá estável durante a duraçom do contrato (12 meses), com a tarifa TUR o preço é atualizado cada 3 meses.

Bónus Sociai Térmico

Entre os clientes que queiram aproveitar os subsídios do Bonus Social Térmico, podem surgir dúvidas sobre se deveriam ter contraído umha tarifa TUR. A resposta é nom, umha vez que o Bonus Social Térmico é automaticamente concedido a todos os consumidores vulneráveis que som beneficiários do Bonus Social Elétrico,independentemente de ter contraído umha tarifa de gás do mercado regulado ou do mercado livre.

Manutençom

Nom inclua quotas ou serviços de manutençom, é aforrar na fatura de gás e no seu orçamento doméstico.

A revisom da caldeira é regulada polo Regulamento de Instalaçoms Térmicas em Edifícios (RITE) que indica que o usuário deve verificar a sua caldeira a gás acada dous anos. Se forem caldeiras a gasóleo, devem ser verificadas todos os anos. A inspeçom periódica da instalaçom de gás da vivenda deve ser realizada de 5 em 5 anos, 4 anos no País Basco,e tem um custo de aproximadamente 50,00€.

Caldeiras

Caldeira de condensaçom
Caldeira convencional / Caldeira de condensaçom

De acordo com os regulamentos europeus de conceçom biológica, a partir de 26 de setembro de 2015, é proibido o fabrico de caldeiras que nom sejam de condensaçom. A condensaçom proporciona aforros na fatura do gás atá ao 30% sobre umha caldeira tradicional, mas pode ser de cerca de 40% se é combinada com radiadores de baixa temperatura. É necessário realizar umha manutençom periódica pra um bom desempenho e aforro de energia. O proprietário da caldeira é responsável da sua revisom dentro do período. A revisom pode ser feita por qualquer profissional autorizado, seja da marca da caldeira ou dum técnico independente.

No caso dos esquentadores de auga, esta revisom obrigatória deve ser efetuada cada 5 anos. As caldeiras com umha potência superior < (70kW) devem ser verificadas todos os anos, e em caso de ter um aquecedor atá 24,4 kW (11 litros), a revisom deve ser efetuada de cinco em cinco anos. As caldeiras comunitárias som verificadas todos os meses.

Inspeçom de Instalaçom

Conselhos de segurança sobre o uso de gás

A empresa de distribuiçom de gás é responsável de comunicar a necessidade de efetuar esta revisom ao usuário. Fará-lo-á três meses antes do prazo estabelecido por lei. O usuário pode efetuar a revisom com qualquer empresa ou profissional autorizado. A lei exige que o custo da inspeçom, independentemente de quem a executa, seja sempre pago na fatura ordinária do gás, umha vez que som os distribuidores, (nom confundir com as comercializadoras), que têm o monopólio da gestom. No caso Catalám, Nedgia Catalunya, do grupo Naturgy, antiga Gas Natural Catalunya.

Publicaçom disponível em: Català Castellano Euskara Galego-Português

Deixe um comentário

Este site utiliza o Akismet para reduzir spam. Fica a saber como são processados os dados dos comentários.