Reflexoms

É necessário promover a funçom social do trabalho, desencorajando a competitividade individualista, promovendo a cooperaçom num ambiente de generosidade e reciprocidade, para criar boas sinergias, comunicaçom ativa e auto-gestom

O bem-estar das persoas nom depende só dos recursos sociais e materiais, mais também dos recursos espaciais, e todos eles som finitos.

a preeminência dos processos sociais sobre o espaço é relativa, mais estes processos ocorrem na cidade. a organizaçom destas condiçoms, as altera e mediatiza

a divulgaçom de ideias para a melhora do bem-estar social, e o apoderamento necessário como promotores ativos de açoms para conseguir esses objetivos, implica inter-relaçoms com o entorno, as vivendas e as persoas

2015-07-02.E6Cx5BGi

Joan Ramon Fernández

Arquiteto técnico, especializado emrehabilitaçomenergética  da l’edificaçom. EPSEB. UPC. Universidade Politécnica da Catalunha. 

Aqui está uma compilaçom fotográfica de algumhas intervençoms profissionais: MISCEL· LANIA. 

Aqui está um link para o meu perfil de linkedin:   https://www.linkedin.com/in/joanrafdez

UPC. Escola Politécnica Superior de Edificaçom de Barcelona EPSEB (1999). Arquitetura Técnica e Edificaçom:Direçom e execuçom material da obra, a sua organizaçom e planeamento, control de qualidade, segurança e prevençom no trabalho, gestom económica e control de custos. Especialidade em Reabilitaçom. Pós-graduaçom em qualidade ambiental em edifícios: Metodologias e ferramentas de avaliaçom (2010). Gestom energética de edifícios (2012). Autoconsumo elétrico com energias renováveis (2013). Eficiência Energética dos Edifícios (2017). UB. Universidade de Barcelona (2016) Especialista em análise económica e filosófico-política do capitalismo contemporâneo.

Ultimamente estamos a promover a figura do técnico de cabeceira, para que as comunidades de vizinhos tenham um profissional de referência   que vele pola conservaçom, manutençom e reabilitaçom de edifícios de vivendas e o seu entorno, melhorando a qualidade de vida dos cidadams. O médico de cabeceira que cuida das casas, mediando coa administraçom e com os restantes atores intervenientes para coordenar soluçoms.

Devido à situaçom atual do parque habitacional na Catalunha e em toda a Espanha, é indispensável a implementçom dumha inspeçom técnica ITE, como ponto de partida para atualizar os nossos edifícios, em termos de sistemas estruturais, instalaçoms e eficiência energética.  Sempre me interessei pela vertente social das comunidades e pela recuperaçom dos usos dos espaços comuns, a fim de responder à necessidade de financiar estes projetos, investindo na auto-produçom de energias renováveis e em projetos cooperativos, na economia social e solidária relacionada com a pobreza energética. 

Sou especialista em reabilitaçom energética, com uma experiência e preparaçom técnica de mais de 20 anos,com o apoio do colégio profissional. Aqui o enlace ao diretório de colegiados

O meu perfil profissional especializado na reabilitaçom e na vertente social da vivenda, no atual contexto de domínio cultural do neoliberalismo, propom mudanças que teram de ser progressivas, caminhando para a transformaçom integral a médio prazo. Por exemplo, se falarmos de vivenda, sabemos que atualmente a propriedade horizontal atomizada, e a comunidade de proprietários estam em grande percentagem, o potencial humano que temos para a transformaçom.

Quando falamos de conceitos como o desenvolvimento sustentável, temos que concretizar de que falamos exatamente, uma vez que o sistema tenta sempre assimilar novas formas, pra reinterpretar e burocratizar as propostas, transformando-as para o seu próprio interesse. O novo modelo energético terá moita influência, na resultante final para impulsionar a mudança, a partir de formas piramidais, por outras alternativas de rede.

A geraçom da nova habitabilidade num ambiente de reduçom de emissoms depende da evoluçom contínua da edifícaçom desde a atual situaçom de emissor de GEE passando a um sector de “emissoms zero” e, em última instância, a um sector de sumidouro de GEE. O potencial global de mitigaçom do sector da edificaçom é dos mais elevados, com uma margem de 5,30-6,70 GT CO2-eq/ano.

A única opçom para reduzir as emissoms no sector é que a reduçom das emissoms devido à utilizaçom de energia no parque existente exceda as emissoms produzidas pola utilizaçom de energia em novos edifícios e as emissoms geradas para os construir. Ou seja, temos de reabilitar energeticamente o parque construído, a fim de transformar o sector num sumidouro de aforro de energia, dado o grande potencial de melhora. A forma mais sustentável de construir, e nom construir.

Nascido no bairro de Guinardó, em Barcelona, iniciei a vida paralela ao maio francês, um evento histórico, o primeiro de muitos.

No passado, os nossos antepassados viviam num ambiente hostil e perigoso. Quando encontraram um animal selvagem, podiam fugir. Hoje em dia nom é possível fugir ou passar ao ataque da maioria das coisas que nos preocupam.

Talvez seja por isso que saio pras montanhas, sem espírito competitivo, se nom como uma terapia de cura. Gosto de ouvir música, se pode ser ao vivo, ler, defender o DDHH e social, e usar as TIC e as redes sociais como ferramentas de ativaçom.

Envia-me umha mensagem




    Aceito a Política de Privacidade

    Publicaçom disponível em: Català Castellano Euskara Galego-Português